O Dia V: chega de voluntários na D&D Adventurer’s League

O Dia V: chega de voluntários na D&D Adventurer’s League

Mais mudanças na Adventurer's League

A estrutura da Adventurer’s League, o programa oficial de jogo de D&D 5e, mudou no último dia do mês passado.

Anteriormente, o contato com lojistas e suporte para jogos passava por voluntários, os coordenadores locais e regionais da Adventurer’s League. Desde o começo do mês, porém, seus serviços foram dispensados. Agora esse contato ocorre diretamente entre os clientes e o SAC da Wizards of the Coast.

Pouco depois, a Wizards afirmou que embora o serviço dos coordenadores não seja mais necessário para a empresa, a comunidade ainda precisa da ajuda dos membros. Dessa forma, eles encorajam que quaisquer antigos coordenadores passem a participar do programa de embaixador da Herald’s Guild (Guilda dos Arautos).

A Herald’s Guild uma organização sem fins lucrativos afiliada à Baldman Games. Seu objetivo é ensinar a cada vez mais mestres sobre D&D e prestar apoio às lojas especializadas. O programa inclui seminários e um sistema de níveis para os membros, que avança conforme eles mestram em eventos.

Não existe nenhuma relação direta entre a Wizards of the Coast e a Baldman Games, nem mesmo uma parceria. Isso pode parecer estranho considerando o motivo oficial para o fim do programa de coordenadores (“concentrar na audiência de D&D como um todo”), mas parece bem óbvio quando abordamos a razão mais pragmática: os processos que a Wizards of the Coast tem sofrido por utilizar voluntários da mesma forma que empregados. Existem dois processos em andamento por juízes de Magic que, apesar de serem teoricamente voluntários, afirmam terem sido funcionários na prática.

Operando através da Herald’s Guild, a Wizards of the Coast parece querer se resguardar de futuros processos por parte dos coordenadores da Adventurer’s League. Porém, considerando a quantidade de mudanças que têm ocorrido no programa em um período de tempo tão curto, talvez uma preocupação mais pertinente seja a existência futura da própria Adventurer’s League.

Entendedores entenderão

Entendedores entenderão

Previous Combate x Interpretação: existe uma dicotomia?
Next Unearthed Arcana: 2 novas tradições de monge

About author

Shinken
Shinken 249 posts

Thiago Rosa Shinken é escritor e tradutor freelancer de RPG, já tendo trabalhado várias editoras no Brasil e nos EUA. Ele joga RPG desde os 9 anos, é fã de punk rock, nunca dispensa uma cerveja de trigo e torce pelo Fluminense.

Você pode gostar também de

Noticias e Mais 0 Comments

A próxima aventura de D&D terá gigantes!

No dia primeiro de junho, tudo leva a crer que a Wizards of the Coast vai anunciar a nova storyline de D&D. Apesar de toda a equipe não estar falando

Noticias e Mais 0 Comments

Expo Geek

Amanhã no Centro de Convenções Sulamérica, no Rio de Janeiro, vai rolar a Expo Geek. A proposta é montar o maior evento de games, e-sports, kpop, cosplay, animes, quadrinhos e cultura

Noticias e Mais 1Comments

Double Cross

O que Darker Than Black, Witch Hunter Robin e Elfen Lied têm em comum? Você poderia responder “excelentes trilhas sonoras” e estaria perfeitamente certo, mas essas histórias possuem um elemento

4 Comments

  1. M
    dezembro 14, 01:44 Reply
    Good article.
  2. Koren
    dezembro 14, 10:57 Reply
    Uma matéria para se pensar ! The Day V (morri com a referência, thanks Thiago :)
    • Shinken
      dezembro 14, 11:31 Reply
      Nossa, isso devia estar no título da matéria! Bem pensado, Koren ^^

Deixe um recado